Fale conosco

O que vc está procurando?

Revista Atrevida

Celebridades

Estrelas do K-Pop fazem posts de conscientização sobre abuso infantil após morte de bebê; entenda

estrelas-do-k-pop-fazem-posts-de-conscientizacao-sobre-abuso-infantil-apos-morte-de-bebe;-entenda

Integrantes do BTS e do Seventeen escreveram mensagens especiais em homenagem à criança

Os fãs de k-pop se depararam com publicações de luto no perfil de seus artistas favoritos, essa semana. No sábado (2), a Coreia do Sul acordou com a triste reportagem de que uma bebê de apenas 16 meses teria morrido em Outubro por consequências do abuso sofrido por parte da mãe adotiva. Logo, as redes sociais subiram o tag “Jongin [nome da criança], sentimos muito”.

Como forma de conscientizar o público e homenagear a criança, diversos artistas coreanos usaram sua plataforma para divulgar petições e textos reflexivos sobre o acontecimento. No domingo (3), o Jimin, do BTS, fez uma publicação no WeVerse, plataforma social para fãs, espalhando a hashtag sobre o assunto. Ainda, o grupo Seventeen compartilhou em todas seus perfis uma publicação com a mesma hashtag de Jimin, mas com a mensagem: “Nós vamos mudar isso”.

+++LEIA MAIS: SERÁ? Após suspeita de namoro entre Harry Styles e Olivia Wilde, fãs acreditam que foi uma jogada de marketing; entenda!

Além dos cantores, atores como atriz Lee Chung Ah, que participou de doramas como “Porque Essa é a Minha Primeira Vida”, compartilharam uma petição e divulgaram instruções de como o público pode contribuir. Na publicação, ela escreveu: “Eu lembro que fiquei muito brava com as notícias sobre crimes sexuais contra crianças, no ano passado. Agora, devemos nos apressar para começar a fazer mudanças em relação à violência contra os indefesos e mudar nossa sociedade que permite isso. Crimes contra crianças são os piores entre outros crimes. Porque eles são violência contra os mais fracos, que precisam ser protegidos. Eu me deparei com artigos e transmissões sobre o caso da Jungin hoje e meu coração está apertado enquanto eu escrevo isso”.

+++LEIA MAIS: Marido de Anahí, do RBD, testa positivo para Covid-19

O caso da bebê coreana ganhou atenção do público depois que o programa investigativo “Unanswered Questions” foi ao ar no dia 2 de janeiro. De acordo com a reportagem, a criança chegou ao hospital coberta de hematomas, com outros ferimentos internos mais graves. Segundo a autópsia, a causa da morte foi derivada de lesões no abdômen causadas por uma força externa, que causou danos severos ao pâncreas da criança. Outros ferimentos incluiam fraturas nos braços, clavícula e nas pernas.

Em resposta, a mãe adotiva da criança, que está sendo indiciada como suspeita de abuso infantil, afirmou que a morte foi causada por um acidente. O pai adotivo está sendo indiciado por negligência. De acordo com internautas, três boletins de ocorrência sobre o abuso sofrido por Jungin foram abertos em maio, junho e setembro de 2020, mas nenhum deles foi levado a diante.

Mais notícias para você

Celebridades

O cantor compartilhou uma foto de sua nova tatuagem de pêssego no pescoço e chamou atenção de sua mãe O lançamento de “Justice”, novo álbum...

Celebridades

Os cantores foram vistos juntos na festa de comemoração dos 15 anos de “Hannah Montana” e se envolveram em boatos de suposto affair A...

Celebridades

Apesar de estarem na casa quando o crime aconteceu, nada de ruim aconteceu com o casal O casal Shawn Mendes e Camila Cabello passaram...

Celebridades

De performances de arrepiar a marcos no mundo da moda, a diva do pop deixou seu nome gravado no mundo do entretenimento Neste domingo...